30 de janeiro de 2011

Banca nova

Depois que o bope entro e ta aqui no morro um monte de gente esploradora veio abri comercio aqui no pe do morro. Abriro uma banca de revista inorme grande la na entrada do beco e todo dia eu tenho que sai de casa pra ir compra o cigarro da minha mae entao aproveitei e fui compra na banca nova porque quando as banca inaugura os cigarro sempre é mais barato minha. Vesti minha ropa glamuroza calcei minha sandalia da gisele binchen e coloquei beyonce no meu ifone pra dece o morro modelo e com glamur fui catano reilo reilo reilo. Quando cheguei na banca era uma velha gorda que tava la e ja tava com a chave na mao virei e falei 'boa tarde legal sua banca nova' fiz a simpatica porque facilita na hora de pedi disconto. A mulher gorda viro e falo 'minha filha to fechano a banca boa tarde o que vc quer?'. Ja sinti que ela foi possuida pela inveja porque ela me olhou com um olhar da inveja. Mas relevei e fui direto ao ponto virei e falei 'Me da um cigarro...' e a mulher nao dexo eu completa a frase ela viro me interrompeu e falo 'toma aqui minha filha é cinquenta centavo o picado'. Quando eu olhei a disgrassada tinha me dado um cigarro todo preto iscrito black. Ai intendi tudo ela era pretofobica e tava quereno joga indireta me dano cigarro iscrito preto. Respirei fundo e falei 'voce ta achano que sou burra e nao sei que black em ingles é negro? nao quero esse cigarro quero roliudi minha mae so fuma roliudi ela é chique' A mulher me deu o cigarro e nao agradeci porque fiquei ofendida quando eu tava ino imbora ela grito 'menina chego uma revista semana passada que é a sua cara ta na promossao nao quer leva e se informa?'. Achei aquele jesto dela bonito porque ela tava tentano faze as pazes sorri e falei vo leva a revista. Quando olhei a capa da revista era da national geografi e tinha um macaco. 


Senti o exu da vingansa baixano em mim. Peguei a revista dei na cara dela e falei  'sua velha gorda vagabunda vo te mostra quem é macaca'. Tranquei ela dentro da banca e dei uma surra nela peguei as marri cler e falei 'apanha com a marri cler vagabunda'. Ela era forte e tava me dano trabalho entao usei a isperteza da mulher glamuroza e dei o golpe porno na cara dela e fiz ela vira lesbica. Peguei uma playboy velha que tava la da tiazinha abri a revista e falei 'lambe a tcheca da tiazinha voce vai vira sapatao agora velha infeliz' depois enrolei ela nos jornal abri minha bolsa e peguei um monte de palavra cruzada e g magazine de indenizassao e sai glamuroza subino o morro porque a mulher glamuroza acaba com o preconceito aonde ele comessa.

6 comentários:

Anônimo disse...

adorei a parte da indenização! UHAHUEUHAEUA

Lauro Negreiro disse...

Formidaveu! kkkkkkkk

Victor Marcelo Azevedo Teixeira disse...

"Peguei uma playboy velha que tava la da tiazinha abri a revista e falei 'lambe a tcheca da tiazinha voce vai vira sapatao agora velha infeliz'"

MORRI DE TANTO RIR AQUI KKKK

Anônimo disse...

AS SUAS INDENIZAÇOES SAO SEMPRE MTO FODA

Anônimo disse...

a mulher e o home glamuroso sempre pega a indenizasão faz parte do DNA glamuroso

Anônimo disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk